Nuno Afonso, fundador do Chega, encabeça lista de Lisboa da coligação Alternativa 21, formada pelo MPT – Partido da Terra e pelo Partido Aliança, fundado por Santana Lopes em 2018, para as próximas eleições legislativas, que terão lugar no dia 10 de março.

O fundador do Chega, que se desfiliou do partido há cerca de um ano em rotura com André Ventura é o cabeça de lista do círculo de Lisboa da coligação Alternativa 21.

A coligação Alternativa 21, pretende “abraçar todos os portugueses, todas as idades, com o coração na Direita Democrática”, refere o partido em nota enviada ao SINTRA NOTÍCIAS. ”Estar à direita significa proteger a autoridade do Estado, defender a família e a vida humana, incentivar a iniciativa e o empreendedorismo, valorizar o mundo rural e todas as tradições e, acima de tudo, respeitar os valores e a cultura seculares da nossa Pátria”, pode ler-se.

Nuno Afonso, de 48 anos, nascido em Lisboa, na freguesia de Santa Justa, arquiteto e atual vereador na autarquia de Sintra, e um dos fundadores do partido Chega, “junta-se à nova coligação, na qualidade de independente”.

Fonte: https://sintranoticias.pt/2024/02/14/nuno-afonso-ex-chega-e-vereador-na-camara-de-sintra-encabeca-lista-da-alternativa-21/